5€ SEM DEPÓSITO ⤵️
5€ FREEBET
GRÁTIS NO REGISTO
5,0 rating
5.0
Aplicam-se Termos e Condições
Consultar os termos e condições no site da marca.
 

Roy Keane “cascou” em João Félix na sequência da eliminação de Portugal do EURO 2020 às custas da Bélgica, apelidando o jogador Atlético de Madrid de “impostor” por ter custado 126 milhões de euros.

Félix entrou na segunda parte como substituto mas não conseguiu evitar que Portugal fosse eliminado nos oitavos de final, graças a um verdadeiro tiro de Thorgan Hazard marcado na primeira parte.

O avançado do Atlético de Madrid, acabado de ajudar a equipa de Diego Simeone a vencer a La Liga, entrou para o lugar de João Moutinho aos 56 minutos, mas não conseguiu ter qualquer efeito no resultado final.

Após o jogo, Keane poderia ter criticado qualquer um dos jogadores ofensivos de Portugal, mas foi bem claro a expressar o que sentia relativamente ao jogador de 21 anos, chamando-o de “impostor”.

Eis as suas palavras:

“João Félix quando entrou, o que fez ele?”, disse o irlandês à ITV Sport.

“O tipo é um impostor. Quando é que ele vale 100 milhões de libras? Tens de acertar na baliza. Se eu fosse o Ronaldo, ia atrás dele no balneário”, completou.

Roy Keane foi bastante incisivo a descrever a exibição da seleção portuguesa:

“A Bélgica foi muito composta na defesa, mas Portugal mostrou uma real falta de qualidade no último terço do terreno. Félix e [Bruno] Fernandes não afetaram realmente o jogo”.

Apesar de terem vencido a Hungria por 3-0 no jogo de abertura, Portugal acabou por ir às cambalhotas até aos oitavos de final, depois de ter perdido para a Alemanha e de ter empatado com a França.

O que dizer da exibição de Portugal?

INFORMAÇÃO DESPORTIVA
© Copyright 2020 desporto365.com | Contacto: fdm.mediapt[at]gmail.com | Política de Privacidade