Usain Bolt estreia-se a marcar como futebolista profissional e logo em dose dupla

O ex-velocista jamaicano Usain Bolt marcou hoje os seus primeiros golos como futebolista profissional pelo Central Coast Mariners no triunfo por 4-0 sobre o South West United, num jogo amigável de pré-temporada, na Austrália.

O homem mais rápido do mundo, recordista mundial dos 100 (9,58 segundos) e dos 200 metros (19,19 segundos), que trocou as pistas pelos relvados, usou a sua velocidade para deixar um adversário para trás e chegou ao golo com um remate rasteiro.

Usain Bolt, apelidado nas pistas de ‘relâmpago’ e ‘raio’, comemorou o golo fazendo o seu gesto favorito (braço esquerdo esticado e direito ligeiramente fletido na mesma direção), o mesmo que executou ao longo da sua carreira de velocista após cada uma das grandes vitórias no atletismo.

O jamaicano viria a bisar, aproveitando uma descoordenação de um defesa com o guarda-redes contrário para rematar para a baliza deserta.

Titular pela primeira vez desde que chegou em agosto ao Central Coast Mariners, um clube de A-League com sede em Gosford, a 75 quilómetros de Sydney, o multicampeão olímpico e mundial procura aos 32 anos a concretização de um sonho antigo de ser futebolista.

Usain Bolt é o único atleta na história do atletismo que chegou ao título olímpico em duas disciplinas (100 e 200 metros), por três vezes consecutivas, em Pequim2008, Londres2012 e Rio2016, ao que somou duas medalhas de ouro na estafeta 4×100 metros.

O ex-velocista jamaicano foi ainda por dez vezes campeão mundial.

Este artigo foi publicado originalmente no SAPO Desporto


 

 

Pedro Figueiredo garante presença nas voltas decisivas do Hainan Open

CAN 2019: Grande procura de bilhetes perspetiva uma boa assistência no Cabo Verde-Tanzânia