Sporting arranca nova época com uma vitória difícil em Moreira de Cónegos

O Sporting conseguiu, este domingo, uma vitória difícil contra o Moreirense por 3-1 no jogo inaugural do campeonato português, disputado na vila de Moreira de Cónegos. A equipa comandada por José Peseiro só conseguiu estar em vantagem aos 75 minutos, na conversão de uma grande penalidade apontada pelo holandês Bas Dost, ele que aumentou o resultado já nos descontos.

Em Moreira de Cónegos, com todos os candidatos à presidência à assistirem à primeira jornada da I Liga, José Peseiro teve um contratempo mesmo antes do apito inicial. O novo guarda-redes Viviano lesionou-se durante o período de aquecimento e, por isso, falhou o desafio. Salin foi o titular na baliza leonina. Devido a esta mudança, o jovem português Luís Maximiano, que também fez exercícios ao lado dos dois colegas, saltou para o banco de suplentes.

De resto, José Peseiro, optou por colocar Petrovic no onze titular do Sporting. O médio sérvio foi a única alteração voluntária em relação ao jogo de apresentação, diante o Empoli, que os Leões perderam. O croata Misic, autor do golo ante os italianos, foi o ‘sacrificado’.

A equipa da casa marcou cedo, logo aos seis minutos,por intermédio de Heriberto. Após um cuzamento largo de João Aurélio, o extremo rematou, ao segundo poste e sem marcação, rpor entre as pernas de Salin, inaugurando o marcador.

A meio do primeiro tempo, o Sporting conseguiu chegar ao golo do empate num lance com via aberta deixada pela defesa do Moreirense. Bruno Fernandes recebeu na área, fintou um adversário e rematou, com tempo, rasteiro para o empate.

As duas equipas sairam para o intervalo empatadas a um golo e este resultado só se desfez aos 74 minutos. Heriberto derrubou Jovane na grande área e o árbitro assinalou castigo máximo. Na conversão, Bas Dost não desperdiçou. Bola rasteira, para a esquerda de Jhonatan, que foi para o lado contrário.

Os Leões conseguiram manter a vantagem até ao apito e conquistar, desta forma, os primeiros três pontos da nova época.

Este artigo foi publicado originalmente no SAPO Desporto


 

 

Bernardo Silva marca na vitória do Manchester City sobre o Arsenal

Heriberto Tavares: "Fomos um pouco abaixo com o penálti"