Rui Vitória: "A nossa gasolina não é o acessório, é o prazer de representar o Benfica"

Rui Vitória: "A nossa gasolina não é o acessório, é o prazer de representar o Benfica"

O tetracampeão em título Benfica venceu hoje por 3-1 no reduto do Sporting de Braga e ascendeu, provisoriamente, ao segundo lugar da I Liga portuguesa de futebol, em encontro da 19.ª jornada.

O argentino Salvio, aos 11 minutos, o brasileiro Jonas, que apontou o 21.º tento na prova, aos 64, e o mexicano Raúl Jiménez, aos 90+1, selaram o triunfo dos ‘encarnandos’, o primeiro e terceiro após assistências do argentino Cervi.

No final do jogo, Rui Vitória destacou a qualidade do jogo de ambas equipas e frisou a importância do critério dos seus jogadores para sair para o ataque.

“Foi um belíssimo jogo com duas equipas que se respeitaram, que entendiam o que cada uma o que queriam do jogo, um jogo com história no futebol português, muito pela evolução que o Braga tem tido. Fomos uma equipa forte, entrámos personalizados, condicionámos as virtudes do Braga. Acabámos por fazer um golo, depois sabíamos que o segundo golo teria impacto muito grande no adversário e foi o que aconteceu. Fomos à procura desse segundo golo, fomos criteriosos a sair para o ataque. Depois há reação do Braga, que jogava no seu reduto. Tivemos dez minutos em que o Braga reagiu, com as substituições reequilibramos a partida, acabando por ganhar 3-1, uma vitória justa, contra um belíssimo adversário que valoriza muito a nossa vitória”, começou por dizer Rui Vitória.

“Pela qualidade do Braga que ao perder arrisca, perdendo um pouco aquelas noções mais defensivas do seu plano de jogo, porque tem de ir à procura do golo. Desgastamo-nos muito na primeira parte ao bloquearmos a saída de bola do Braga e o passe que um dos centrais faria para um dos seus médios centro. Mas os jogadores cumpriram o plano. Depois quando se chega à entrada da área e não se materializa, acaba por se pagar. Há mérito do Braga que reagiu, mas sabíamos que teríamos de ser criteriosos com a bola e saber o que fazer com ela. O Raúl Jiménez podia ter feito o terceiro golo mais cedo, fez um golo muito bonito, mas foi uma vitória justa, mas saio satisfeito com os meus jogadores, que executaram bem o plano que tínhamos”, acrescentou o técnico do Benfica.

“Temos um propósito que é conquistar pontos, representar o clube ao mais alto nível, depois os resultados são consequência do nosso trabalho. Viemos aqui mostrar a nossa qualidade como nos últimos jogos, num campo difícil. Sabemos o que queremos, estamos cá para a luta e isso é mais importante do que afastar o Braga, que fez primeira volta fantástica e vai continuar a fazer uma segunda volta muito boa”, disse Rui Vitória sobre a importância de conquistar pontos e distanciar-se do SC Braga na tabela classificativa.

“Não jogámos contra ninguém, estamos a jogar por nós e quando sentimos isso numa equipa, essa determinação, esse acreditar, esse prazer dos jogadores… É meio caminho andado. Antes de qualquer situação paralela, o importante era dar continuidade ao nosso desempenho dos últimos jogos. Tudo isso é que dá prazer, não o acessório. Isso fica no subconsciente, claro, mas não é essa a nossa gasolina. A nossa gasolina é o prazer de representar o Benfica, é querer ganhar e estar no topo da classificação”, sentenciou o técnico do Benfica.

Com este resultado, o Benfica passou a somar os mesmos 43 pontos do Sporting e menos dois do que o FC Porto, formações que ainda não aturam na ronda, enquanto o Sporting de Braga, pelo qual marcou Paulinho, aos 74 minutos, manteve-se em quarto, com 37.

   

20€ grátis, sem depósito, para jogar no Casino Solverde. Clique aqui para obter a oferta

Até 50€ sem risco para apostar na bet.pt . Clique aqui para obter a oferta

Fonte: SAPO Desporto