Radicais da Juve Leo invadiram Alcochete e agrediram jogadores

O jornal Record desta quarta-feira cita fonte policial para garantir que os radicais que na tarde de terça-feira invadiram Alcochete e atacaram jogadores e treinadores pertencem à Juve Leo.

O mesmo desportivo avança que estes invasores têm uma forte ligação ao antigo líder Fernando Mendes, o mesmo que se dirigiu de forma mais exaltada alguns jogadores no Aeroporto Cristiano Ronaldo, no Funchal, após a derrota frente ao Marítimo que ditou a queda do Sporting para a terceira posição do campeonato.

A publicação esclarece também que este grupo de radicais ter-se-á encontrado junto à saída da Ponte Vasco da Gama e estacionaram os carros muito longe da Academia leonina de forma a evitar as câmaras dos jornalistas e as próprias câmaras de segurança do recinto.

   

Fonte: SAPO Desporto


 

 

Juventude Leonina lamenta agressões de Alcochete e rejeita responsabilidades

Mourinho: "É difícil o Sporting encontrar um treinador tão bom como Jesus"