Marítimo celebra 25 anos da estreia nas competições europeias

O Marítimo comemora hoje 25 anos da estreia nas competições europeias, um “marco relevante”, destacou o clube madeirense, e que serviu para consolidar o “projeto de afirmação” maritimista no principal escalão do futebol português.

A 14 de setembro de 1993, na Bélgica, o Marítimo realizou o primeiro jogo europeu, diante do Antuérpia, na primeira mão da ronda inaugural da ‘extinta’ Taça UEFA, embora o resultado não deixe boas recordações, face ao desaire por 2-0, ‘escrito’ com golos de Severeyns, aos 48 minutos, e Milos Bursac, aos 90.

Em nota enviada à comunicação social, o conjunto ‘verde rubro’ considerou a estreia um “marco relevante na história da coletividade” e destacou de ter sido o “primeiro clube português com sede social fora do espaço continental a marcar presença em provas europeias”.

A eliminação acabou por ser confirmada a 28 de setembro, com um empate (2-2) nos Barreiros, num jogo em que os belgas até estiveram a ganhar por 2-0, com golos apontados na primeira parte, por Severeyns (36 minutos) e Didier Segers (41).

O melhor que a formação madeirense conseguiu foi chegar à igualdade no segundo tempo, graças aos tentos de Heitor, aos 67 minutos, e Vado, aos 77.

O acesso às competições europeias “veio dar alento ao projeto de afirmação do clube a nível nacional”, refere a mesma nota, tendo conseguido marcar presença outras oito vezes desde então, nas temporadas 1994/95, 1998/99, 2001/02, 2004/05, 2008/09, 2010/11, 2012/13 e 2017/18.

Este artigo foi publicado originalmente no SAPO Desporto


 

 

F.C. Porto: Empresário de Herrera garante que mexicano não sai a meio da época

Beto considera André Silva "a grande contratação do Sevilha"