Futebol feminino: Brasileira Marta nomeada para a ONU na luta pela igualdade de género

A futebolista internacional brasileira Marta foi hoje designada a nova embaixadora da boa vontade na ONU Mulheres, um cargo em que trabalhará a favor da igualdade de género no desporto e outros domínios.

Considerada a melhor jogadora de todos os tempos, com cinco distinções de melhor futebolista do mundo, entre 2006 e 2010, Marta é ainda a melhor marcadora da história dos mundiais femininos.

Marta, atualmente ao serviço das norte-americanas do Orlando Pride, já colaborou anteriormente com a ONU, como embaixadora do programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.

“É um modelo excecional para as mulheres e crianças de todo o mundo. A sua própria experiência de vida conta uma poderosa história daquilo que se pode conquistar com determinação, talento e coragem”, salientou a diretora-executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka.

A organização espera trabalhar em estreita colaboração com a jogadora, no sentido de trazer “o poder transformador do desporto a mais mulheres e meninas, e caminhar rapidamente na igualdade”.

Para Marta, é “uma honra” o novo cargo, com a missão de “assegurar que as mulheres e meninas de todo o mundo tenham as mesmas oportunidades que os homens e meninos no desenvolvimento do seu potencial”.

Este artigo foi publicado originalmente no SAPO Desporto


 

 

Cancelo “orgulhoso” na Juventus e à espera de Cristiano Ronaldo

Carlos Vieira apresenta candidatura