Frederico Gil e dupla Tiago Cação/Pedro Sousa eliminados do Lisboa Belém Open

A dupla portuguesa Tiago Cação/Pedro Sousa e Frederico Gil ao lado do francês Stephane Robert foram hoje eliminados do ‘challenger’ Lisboa Belém Open em ténis, num dia em que não houve participações lusas na vertente de singulares.

Tiago Cação e Pedro Sousa receberam um ‘wild-card’ para jogarem no quadro principal de pares, mas a estreia não correu bem, com o peruano Sérgio Galdos e o brasileiro Fabricio Neis a triunfarem pelos parciais 6-4 e 6-2, em uma hora de encontro.

Depois de na terça-feira ter sido eliminado do quadro de singulares aos pés de Pedro Sousa, Frederico Gil voltou a sair de forma precoce dos ‘courts’ de terra batida do CIF (Clube Internacional de Foot-Ball), desta vez juntamente com o veterano francês Stephane Robert, que não apresentaram argumentos frente a Marcelo Arevalo, de El Salvador, e a Miguel Angel Reyes-Varela, do México, vencendo facilmente por 6-1 e 6-4.

Em singulares, o austríaco Sebastian Ofner, sexto pre-designado e ‘carrasco’ de Tiago Cação na primeira ronda, confirmou o favoritismo, ao vencer de forma esclarecedora o norte-americano Mitchell Krueger, por dois ‘sets’ (6-3 e 6-4).

Quanto ao ‘qualifier’ Alejandro Davidovich Fokina, o espanhol, que já tinha surpreendido o australiano Alex De Minaur na primeira ronda, voltou a apresentar-se muito bem diante do norte-americano Christian Harrison, numa longa batalha de duas horas e 29 minutos. No final saiu eliminado, ao perder pelos parciais de 7-6 (10-8) e 6-1, apesar da vitória no primeiro parcial, por 7-5.

Já o sérvio Miomir Kecmanovic, 17.º do ‘ranking’ ATP da ‘nextgen’, não sentiu grandes dificuldades para impor o seu ténis e levar a melhor sobre o jovem ‘lucky loser’ Federico Gaio, que havia ocupado o lugar do lesionado português Gastão Elias, ficando arredado da segunda ronda com um 6-4 e 6-2.

No último encontro do dia, o veterano espanhol Tommy Robredo, atual 227.º da hierarquia mundial, avançou para ronda seguinte ao eliminar o sétimo cabeça de série, o britânico Liam Broady, por 6-3, 4-6 e 6-3, em duas horas.

   

Fonte: SAPO Desporto


 

 

Liga Europa: Rudi Garcia diz que "não é vergonha" perder com o Atlético Madrid

Ângelo Meneses renova com Famalicão por duas temporadas