Especialista em medicina do desporto afirma que lesão de Welbeck "pode ditar o fim da carreira"


Esta quinta-feira, o Arsenal recebeu o Sporting no Emirates Stadium para a quarta jornada do grupo E da Liga Europa. O jogo terminou empatado, mas a pior notícia ainda estava para vir. Aos 26 minutos de jogo, o jogador inglês magoou-se no tornozelo direito, após tentar cabecear a bola na área do Sporting, apoiando mal o pé na queda.

Welbeck foi assistido no relvado durante alguns minutos, mas acabou por deixar o relvado de maca, perante o ar apreensivo dos companheiros de equipa. Aubameyang entrou para o lugar do avançado de 27 anos.

Já esta sexta-feira, o Arsenal divulgou um comunicado sobre a lesão de Welbeck. “Lesão grave no tornozelo direito. Danny continua internado e vai continuar a ser avaliado. Uma nova atualização vai ser dada nas próximas 72 horas”, pode ler-se.

Johnny Wilson, médico especialista em medicina do desporto, falou sobre a lesão de Welbeck nas redes sociais e deixou uma mensagem pouco animadora para os adeptos do Arsenal. “Welbeck pode ter sofrido uma fratura e deslocação do tornozelo, o que pode ditar o fim da carreira”, começou por dizer o especialista.

O médico acrescentou que só os exames podem esclarecer a gravidade da lesão, mas tendo em conta a forma como Welbeck caiu no relvado, “pode ser comparada a uma colisão de carro”.

Este artigo foi publicado originalmente no SAPO Desporto


 

 

Miguel Oliveira “impressionado” com as emoções em quatro rodas

Bayern visita Dortmund em clássico de tirar o fôlego na Alemanha