Cristiano Ronaldo paga menos dois milhões do que o previsto ao fisco espanhol

O jornal espanhol ‘El Mundo’ escreve esta sexta-feira que a Autoridade tributária espanhola vai devolver dois milhões de euros a Cristiano Ronaldo. Assim, o internacional português não vai pagar 18,8 milhões de euros ao fisco espanhol mas sim 16,7.

Segundo esta fonte, a redução do valor a pagar resulta do facto de se ter chegado à conclusão de que Cristiano Ronaldo tinha liquidado 2,1 milhões de euros como IVA em Espanha pela cedência de direitos de imagem ao empresário Peter Lim sem que estivesse obrigado a fazê-lo.

Cristiano Ronaldo chegou a acordo com o fisco espanhol em meados de maio. O português  reconheceu ter cometido quatro crimes fiscais, vai pagar a multa já referida e será condenado a dois anos de prisão de pena suspensa –  seis meses por cada um dos delitos.

Em atualização

Este artigo foi publicado originalmente no SAPO Desporto


 

 

Márcio Rosa, guarda-redes internacional cabo-verdiano, assina por três temporadas com o Cova da Piedade

Benfica tem concorrência por Gabriel