CA admite que ficou por marcar penálti no Chaves-FC Porto

CA admite que ficou por marcar penálti no Chaves-FC Porto

Por SAPO Desporto [email protected]

Na sequência da reunião desta terça-feira, o Conselho de Arbitragem da FPF divulgou um documento em que esclarece a noção de bola na mão e mão na bola e no qual, entre outros, é mencionado o lance do toque com a mão de Leandro Freire no Chaves-FC Porto da Taça de Portugal.

O CA admite que a ação de Leandro Freire “constitui infração”, pelo que o lance ocorrido ao minuto 93 deveria ter originado grande penalidade. João Capela, no entanto, não assinalou. Veja o lance:

Os ‘dragões’ reclamaram também um penálti ao minuto 104, na sequência de um toque com o braço de Rafael Assis, mas neste caso o CA delibera da seguinte forma: “É um lance difícil mas aceita-se a decisão em deixar prosseguir o jogo”. Veja o lance:

Recorde-se que o FC Porto acabou por ser eliminado da Taça no jogo em questão, caindo ante os flavienses na marcação de grandes penalidades.

Fonte: SAPO Desporto