Bruno de Carvalho volta às redes sociais para falar sobre providências cautelares

Bruno de Carvalho voltou, esta quarta-feira, a recorrer às redes sociais para abordar a instauração de providências cautelares a órgãos do Sporting.

O líder ‘leonino’ coloca vários cenários em cima da mesa.

“E se… um sócio tivesse interposto uma providência cautelar (tendo o ex-presidente da MAG como única testemunha?!), com o objectivo de suspender os membros do CD e as suas funções, com pedido expresso ao tribunal de NÃO audição do requerido (o CD), mas o tribunal não tiver atendido a esta última pretensão e tiver ontem notificado o CD para se pronunciar sobre a dita providência em 10 dias, mas, mesmo assim, uma putativa Comissão de Fiscalização se tivesse substituído à justiça e pedido hoje essa suspensão?”, questiona Bruno de Carvalho num dos três pontos apresentados.

Recorde-se que a Comissão de Fiscalização (CF) designada pela Mesa da Assembleia Geral do Sporting anunciou esta quarta-feira ter suspendido preventivamente e com efeitos imediatos o Conselho Diretivo do Sporting, liderado por Bruno de Carvalho.

Este artigo foi publicado originalmente no SAPO Desporto


 

 

Rui Barros é o novo treinador do FC Porto B

Cabo Verde com quatro 'representantes' no Mundial'2018